Banner

sábado, 6 de outubro de 2012

América-RN e CRB ficam no empate por 3 a 3

O CRB entrou em campo na última sexta-feira (5/10) no Rio Grande do Norte para enfrentar o América-RN, pela 28ª rodada da 2ª divisão do Brasileirão. O clube alagoano estreava o seu treinador Roberval Davino buscando vencer para se distanciar da zona de rebaixamento, enquanto o América queria vencer para se aproximar dos líderes. Por este motivo, esperava-se um grande duelo. Sendo assim, o 1º tempo começou com um CRB melhor tendo mais posse de bola e atacando bem, no entanto, não ameaçava, enquanto o time da casa contraatacava sem perigo. O América conseguiu abrir o placar com Isac aos 23 minutos. Com este gol, o desafio continuou equilibrado, apesar de nenhum dos dois clubes terem feitos gols. Com isto, o 1º tempo acabou 1 a 0 para o América-RN. No 2º tempo o desafio começou equilibrado, com os dois clubes buscando o gol até que o time visitante empatou aos 11 minutos com Denilson. Com isso, o Clube de Regatas Brasil se animou e fez mais dois gols com Denilson aos 18 e aos 25 minutos. Com 3 a 1 no placar, parecia que o CRB encontraria a sua 1ª vitória no Rio Grande do Norte, quebrando a série de cinco confrontos sem vencer (com um empate e quatro derrotas). Além disso, o treinador Roberval Davino começaria no comando regatiano com o "pé direito". Entretanto, o América-RN teve forças para empatar. O clube mandante conseguiu diminuir o placar aos 25 minutos, novamente com Isac e chegou ao gol de empate aos 40 minutos com Lúcio Curió. Nos minutos finais, o CRB teve uma oportunidade de gol com Luciano, onde ele foi derrubado dentro da área, mas o juiz achou que ele simulou e expulsou o atleta regatiano. Com isto, o desafio terminou 3 a 3. Com este resultado, o CRB continua na 16ª colocação com 29 pontos, estando a 4 pontos do 1º time do Z4 que é o Guará. Na próxima rodada, o Galo enfrentará o Avaí no próximo sábado (13/10), em Floripa. Já o América está na 9ª colocação com 41 pontos e pegará o Ceará no sábado (13/10), no nordeste brasileiro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário