Banner

terça-feira, 11 de setembro de 2012

Brasil faz a sua obrigação e goleia a China por 8 a 0

Ontem (10/9) o Brasil enfrentou a China em Recife (PE) no estádio do Arruda, em amistoso preparatório para a Copa das Confederações de 2013. O Brasil enfrentou uma China que só se defendeu e não conseguiu atacar de maneira nenhuma. Por conta disto, a seleção comandada por Mano perdeu várias oportunidades e conseguiu fazer apenas dois gols no 1º tempo, aos 22 minutos com Ramires e três minutos depois, com Neymar ampliando o placar. Por conta da facilidade do confronto, este 2 a 0 foi um placar magro, pois o time canarinho poderia ter saído da campo para o intervalo em outra situação. No 2º tempo, a seleção brasileira voltou com tudo, aproveitando as oportunidades para golear o fraco time chinês. Sendo assim, o Brasil ampliou o placar logo aos três minutos com Lucas. Três minutos depois, o Neymar colocou a bola na trave e Hulk aproveitou o rebote para fazer 4 a 0. Aos 8 minutos, Neymar fez o seu 2º gol na partida e o 5º gol do Brasil. O craque do Santos fez o seu 3º gol na partida, dando a volta por cima na seleção, já que na partida passada contra a África do Sul não fez nenhum gol. O confronto estava tão fácil que Liu Jianye ajudou a seleção canarinho, fazendo um gol contra. O Brasil fez o seu último gol neste amistoso aos 29 minutos, onde Marcelo foi derrubado na área e Oscar cobrou o pênalti, fazendo o último gol. A seleção brasileira ainda teve mais 15 minutos de ataques e oportunidades perdidas, entretanto, o duelo acabou 8 a 0. A última vez que o Brasil conseguiu fazer um placar desse foi em 20 de maio de 2006: 8 a 0 sobre o Combinado de Lucerna, na Suíça. O ponto negativo é que o Mano e seus jogadores mostraram que esta goleada foi algo "maravilhoso", entretanto, foi apenas uma obrigação do Brasil, pois a fraca China sequer ameaçou e, apesar do placar elástico, o jogo - de maneira nenhuma - pode ser considerado um parâmetro de performance técnica ou tática do Brasil.

Nenhum comentário:

Postar um comentário